Posts

O que fazer com os pequenos no período de férias?

ferias

As crianças desta geração têm vivido dias “intensos”, repletos de compromissos, e de muita cobrança dos pais para tirarem as melhores notas, falarem outro idioma, se destacarem nos esportes, tocarem instrumentos musicais…

Por todas estas razões, no mundo deles hoje há menos espaço para a leitura, para o sonho, para a arte e para, simplesmente, brincar e fantasiar. A brincadeira ajuda a desenvolver a noção espacial e corporal, a capacidade de solucionar problemas, a criatividade, a imaginação, a autonomia, entre tantas outras habilidades essenciais para o desenvolvimento cognitivo, e o consequente processo de aprendizagem.

O período de férias serve como uma “digestão cerebral”. As crianças precisam de um tempo para processar as informações novas, para elas muitas vezes difíceis. O cérebro da criança vai consolidando todo o conhecimento adquirido durante os seis primeiros meses de aula, além de receber o merecido descanso. Elas precisam disso!

Algumas brincadeiras e atividades estimulam o cérebro das crianças e ajudam muito no seu desenvolvimento. Se as crianças recebem um excesso de cobrança e de informações para as quais ainda não estão preparadas (a falta de maturidade), podem criar um bloqueio mental, uma negação ao processo de aprendizagem.

Com o movimento e as brincadeiras elas  desenvolvem as “representações mentais”, que são fundamentais para a organização do raciocínio lógico e a construção do conhecimento.

Durante as férias, nenhuma atividade deve ser caracterizada como “reforço escolar”, as crianças precisam do descanso físico e emocional. Os pais precisam estar atentos aos programas realizados pelos filhos, e às propostas oferecidas pelas colônias de férias. Aquelas colônias que forem organizadas e orientadas por profissionais que realmente entendam das necessidades infantis e do processo de aprendizagem, oferecerão apenas atividades de recreação e lazer, jamais de reforço do conhecimento adquirido no primeiro semestre.

O importante para o período de férias é fugir da rotina escolar, brincar livremente e descansar. Assim, voltarão felizes e prontos para receberem a nova carga de conteúdo e conhecimento.

Preparamos uma longa lista, com sugestões para uma diversão em família! Esperamos que aproveitem e desejamos ótimas férias aos nossos pequenos!

  • Festival de Teatro Para Crianças de Pernambuco

Apresentamos o 12º Festival de Teatro Para Crianças de Pernambuco, que vai de 04 de julho até 02 de agosto. Os espetáculos acontecem sempre aos sábados e domingos. Uma notícia boa é que as peças estarão em cartaz com preços acessíveis: R$20 (inteira) e R$10 (meia para crianças, estudantes e idosos, os dois últimos mediante a apresentação de documento). O evento faz uma homenagem aos artistas pernambucanos Mônica Vilarim e Roberto Costa.

TEATROS

  • TEATRO DE SANTA ISABEL (Praça da República)

04 e 05 de julho de 2015 às 16h30 – A Bela e a Fera

O espetáculo conta a história de um príncipe rico e arrogante, que ao negar abrigo a uma feiticeira disfarçada de velhinha e julgá-la pela aparência, é condenado a viver como uma fera para sempre em seu castelo. Classifcação indicatica: livre

25 e 26 de julho de 2015 às 16h30 – Aladdin e o Gênio da Lâmpada.

Esta é mais uma produção da Companhia do Sol. Adaptado do conto árabe Aladin e a Lâmpada Maravilhosa que ficou conhecido no ocidente graças ao francês Antoine Galland quando publicou o conto na coletânea As Mil e Uma Noites . A montagem teatral é um musical que apresenta uma plástica exuberante onde a cenografia inventiva dá um toque artístico, misturando o clássico com o moderno. Classificação etária: Livre.

  • TEATRO LUIZ MENDONÇA (Parque Dona Lindu/Boa Viagem)

 04 e 05 de julho de 2015, às 16h30 – Era Uma Vez no Gelo – Frozen – Musical baseado no conto do dinamarquês Hans Christian Andersen: A Rainha da Neve. A história gira em torno do bem e do mal, valorizando o amor. A montagem teatral pernambucana leva à cena duas irmãs que ainda crianças são impedidas de brincarem juntas, pois tudo que Elsa, a mais velha, toca transforma-se em gelo. Por isso, ela e a caçula Anna crescem afastadas. Com a morte dos pais, Elsa deverá assumir o trono herdado. E muita aventura até lá acontecerá. Classificação etária: livre.

11 e 12 de julho de 2015, às 16h30 – Os Três Coroados – Adaptação de um conto da literatura oral para o teatro feita por Luiz Felipe Botelho que conta a história de Nonna, uma mulher que vem para o nosso mundo cumprir a missão de salvar seus três filhos adotivos, vítimas de um feitiço lançado por suas tias. Em sua jornada Nonna passará por lugares misteriosos e encontrará seres fantásticos que vão costurar com ela a trama desta história. A encenação dialoga com manifestações e folguedos populares como o cavalo marinho, o maracatu rural e os caboclinhos, trazendo para a cena elementos do universo da tradição popular pernambucana. Classificação etária: livre.

25 e 26 de julho de 2015, às 16h30 – A Lenda do Sapo do Tarô-Bequê – A fábula escrita pelo amazonense Márcio Souza é baseada em lendas originais do alto Amazonas. Levada para os palcos por um dos ícones do teatro pernambucano José Francisco filho, o espetáculo transporta o público ao mundo encantado das histórias fantásticas. Uma oportunidade de crianças, jovens e adultos conhecerem personagens, animais, seres encantados, comidas, hábitos e plantas de uma região que conserva riquezas e mistérios do Brasil. Em cena, o sapo Tarô-Bequê convence o Cainhamé de que é bom ser gente. De tanto insistir, Caiamé transforma o Tarô-Bequê em um guerreiro. Vendo a solidão do guerreiro, Cainh amé, faz surgirde um cipó a moça Juriti pela qual o Sapo gente se apaixona. A trama se desenvolve cheia de suspensee aventura. E, na luta contra o mal, apenas uma condição é dada ao sapo Tarô-Bequê, representadapelo Urubu-Rei e Mucura…

01 e 02 de agosto de 2015, às 16h30 – Meu Reino Por Um Drama – Fábula musical que conta a história de uma Abelha Rainha em crise por achar que a sua vida é boa demais. Em busca de um drama, deixa a colmeia para tentar uma nova vida. A partir daí, se depara com várias situações, com a tentativa de fazer novas amizades. Na sua busca pessoal encontra as joaninhas e as formigas, e começa a perceber que o mundo fora da colmeia parece não ser tão amigável como imaginava.

  • TEATRO CAPIBA (Sesc Casa Amarela)

11 e 12 de julho de 2015 / 16h30 Entre Janelas – O espetáculo encena a história de um menino e seu melhor amigo: um cachorro chamado Pitu! Uma amizade feita de brincadeiras no quintal e muito corre-corre. Um dia o menino ganha um presente incrível: um computador. Na janela do notebook ele abre várias outras janelas e pode ir para qualquer lugar sem sair de seu quarto. Agora sua brincadeira é ali: à frente daquela janelinha de luz. Do lado defora, Pitu espera por um momento de brincadeira, mas seu companheiro agora não tem mais tempopara ele, está muito impressionado com seu novo amigo tecnológico. O cachorro desprezado então foge. Quando percebe a fuga, arrependido por não ter sido um bom amigo, o menino parte a procurado cão. Ele terá que descobrir uma forma de encontrar seu velho amigo e se reconectar a ele. A concepção cênica visa mesclar a linguagem de animação corporal desenvolvida pela Tato, com a pesquisa de construção de boneco de balcão desenvolvida por Eduardo Santos. Mantém-se a proposta de dramaturgia física da Cia, sem o uso de palavras e tendo avocalização como exploração sonora além da utilização das mãos dos manipuladores como partefundamental na composição do boneco. Não se trata de um boneco manipulado, é um corpo animado que, adicionado a mecanismos, ganha outra forma e novas possibilidades de movimento. Classificação etária: A partir de 05 anos. Realização: Tato Criações Cênicas / Curitiba – PR. Livremente inspirado no livro “Uma Janela entre Dois Amigos”, de Gustavo Gaivota.

18 e 19 de julho de 2015, às 16h30 – Sebastiana e Severina – Quando a história começa, o tempo havia passado e as duas rendeiras, que já não dispõem da beleza da juventude, acalentam um sonho em meio a monotonia dos seus dias: desejam encontrar “um príncipe encantado” para casar. A chegada de Chico (um homem bonito, alto e inteligente) à cidade de Umbuzeiro, desperta logo o interesse das moças que, para cativar o coração do visitante, valem-se de: cantar belas canções, fazer a renda mais bonita e até invocar os poderes mágicos de Dona Zefinha, a grande feiticeira da cidade. Mas o destino lhes prega uma grande peça e só então é que Sebastiana e Severina descobrem o valor da verdadeira amizade. À moda dos repentes, cordéis e loas contados e cantados pela tradição popular nordestina, o livro escrito por André Neves apresenta os valores culturais, as comidas típicas, as cantigas populares, o artesanato, “o saber e o fazer” em prosa e verso, levando o leitor a entrar no clima da história retratada. Desta feita, com suas rimas e prosas da gente do interior, a montagem dirigida por Claudio Lira pretende (tal qual o livro) fazer com que cada espectador sinta-se convidado para os festejos ao padroeiro da cidade de Umbuzeiro.

25 e 26 de julho de 2015, às 16h30 – Pinocchio – Olhos de Madeira – Recriação cênica de um conto clássico narrado por seu protagonista principal, que reconstrói seu passado esquecido e fragmentado para então transitar por seu presente e olhar para o futuro, partindo de seu antigo olhar cor de madeira. Entre os desafios da montagem, faz-se presente a busca de resgatar a infância esquecida. Através dos elementos que compõem a antiga “casinha italiana”, o narrador se utiliza destes objetos, até então realistas, para transformá-los em alguns personagens ilusórios que fazem parte da infância abandonada. Um biombo se transforma em mar aos olhos da plateia, uma simples mesa de madeira torna-se um misterioso cemitério e um velho baú revela-se num fantástico teatro de marionetes. E em meio a tantas reviravoltas ilusionistas, ganham vida distintos personagens: Um fole em coruja, um cachecol em raposa, um jornal em barco e de uma pequena centelha de fogo surge a consciência de Pinocchio. Neste universo de resgate e magia, elucida-se aos olhos do espectador, um personagem que busca a todo custo trazer à tona sua infância adormecida.

  • TEATRO MARCO CAMAROTTI (Sesc Santo Amaro)

11 e 12 de julho de 2015, às 16h30 – Chico e Flor Contra os Monstros na Ilha do Fogo – Chico é um barqueiro que já navegou o rio de cima e o rio de baixo e conhece o São Francisco como ninguém. Ancorado nas margens do rio médio vive inventando histórias e figuras criadas de sua memória e imaginação. Ele sonha um dia voltar a encontrar seu pai e sua mãe que sumiram em uma noite de chuva numa viagem de barco. Para isto tem que realizar uma missão: destruir os monstros na Ilha do Fogo, pois assim libertará as lendas que levararão ele a reencontrar sua família. Flor é amiga de Chico, uma menina cheia de curiosidade, sapeca e destemida e que ao conhecer a história do barqueiro deseja unir-se a ele nessa aventura. Chico então prepara Flor em um intenso treinamento de uma verdadeira batalha por meio de um jogo lúdico, e apresenta a ela seus conhecimentos sobre aslendas e histórias encantadas. Neste espetáculo, a Cia Biruta convida o público a navegar pelo universo ribeirinho e se aproximar das lendas e monstros que encantam e assombram o imaginário popular – e a realidade – do passado e do presente.

18 e 19 de julho de 2015 / 16h30 – Pluft, o Fantasminha – A peça conta a história do rapto da Menina Maribel pelo cruel Pirata Perna-de-Pau. O vilão esconde a menina no sótão de uma velha casa abandonada, onde vive uma família de fantasmas. A trama se concentra na procura do tesouro do avô da menina, o Capitão Bonança, que morreu no mar deixando, a sua herança: o tesouro. Mas a grande chave da poesia teatral criada pela autora é a amizade que surge entre a Menina Maribel e o Fantasminha Pluft. Escrita em 1955, é a peça mais popular da dramaturga Maria Clara Machado, e até hoje, é montada em vários lugares do Brasil e exterior. Classificação: recomendado para crianças a partir de 3 anos.

  • TEATRO DO RIO MAR

04 e 05 de julho de 2015, às 16h00 – Cantabicho -com Carol Levy.

Seu DVD “Contarola” lançado em agosto de 2013, transformou Carol na primeira contadora de histórias a integrar o Netflix e originou o programa “Contarolando com Carol Levy”, que teve 13 episódios em sua primeira temporada na Rede Globo Nordeste. O espetáculo “CantaBicho”, como todos os da pernambucana, é marcado por apresentações musicais com banda ao vivo, intercalado de histórias e brincadeiras interativas com o público infantil. Com direção geral de Luciano Pontes e direção musical de Carlinhos Borges, que também assume os teclados e programações, o show terá Cacá Barreto (baixo), Frederica Bourgeois (flauta) e Lara Klaus (percussão). Além das inéditas do disco, alguns sucessos já cantados de cor pelos fãs da cantora estarão no repertório, como “Ventilador de teto”, “Lobo legal” e “Pangaré”. Em agosto, Carol leva o show para Salvador e Fortaleza.

  • TEATRO ALFREDO DE OLIVEIRA

A BICHARADAO espetáculo, escrito e dirigido por Carlos Mallcom, é inspirado no clássico Os Saltimbancos. Cinco animais, por não serem reconhecidos por seus talentos, decidem se juntar para forma um grupo musical. Onde: Teatro Alfredo de Oliveira (Praça Osvaldo Cruz, 412A – Soledade, Recife). Quando: Domingos. Horário: 16h30. Valor: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

TRÊS PORQUINHAS- As aventuras vivenciadas por três porquinhas na fábula infantil pretendem ensinar às crianças a importância da higiene pessoal, da ajuda ao próximo, além de ensinar boas maneiras. Onde: Teatro Alfredo de Oliveira (Praça Osvaldo Cruz, 412A – Soledade, Recife). Quando: Domingos. Horário: 10h30. Valor: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

  • TEATRO ARRAIAL

PALHAÇADAS E HISTÓRIAS DE UM CIRCO SEM LONA – O comédia infantil conta a história da dupla Risada e Risadinha que trabalham em um circo que, um dia, acaba pegando fogo. Sendo assim, a duplinha barulhenta fica sem ter onde morar. A peça estreia no dia 24 de maio. Onde: Teatro Arraial (Rua da Aurora, 457, Boa Vista). Quando: Domingos, às 16h (até 26 de julho). Ingresso: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Informações: 3184-3057

  • TEATRO VALDEMAR DE OLIVEIRA

PIRATAS E PRINCESAS – O ESPETÁCULO – O grupo Showlândia estreia a peça Piratas e princesas – o espetáculo, que fica em cartaz às 16h30 dos domingos no Teatro Valdemar de Oliveira (Praça Oswaldo Cruz, 411, Soledade). A princesa Sofia e o pirata Jake tentam superar as dificuldades em um espetáculo com várias trocas de cenário. Ingresso: R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia). Informações: 3222-1284.

  • TEATRO GUARARAPES

DISNEY LIVE

DIAS: 09 A 12 DE JULHO

LOCAL: TEATRO GUARARAPES

CINEMA

DIVERTIDAMENTE (SINOPSE E DETALHES)

Riley é uma garota divertida de 11 anos de idade, que deve enfrentar mudanças importantes em sua vida quando seus pais decidem deixar a sua cidade natal, no estado de Minnesota, para viver em San Francisco. Dentro do cérebro de Riley, convivem várias emoções diferentes, como a Alegria, o Medo, a Raiva, o Nojinho e a Tristeza. A líder deles é Alegria, que se esforça bastante para fazer com que a vida de Riley seja sempre feliz. Entretanto, uma confusão na sala de controle faz com que ela e Tristeza sejam expelidas para fora do local. Agora, elas precisam percorrer as várias ilhas existentes nos pensamentos de Riley para que possam retornar à sala de controle – e, enquanto isto não acontece, a vida da garota muda radicalmente.

MINIONS (SINOPSE E DETALHES)

Livre
Seres amarelos unicelulares e milenares, os minions têm uma missão: servir os maiores vilões. Em depressão desde a morte de seu antigo mestre, eles tentam encontrar um novo chefe. Três voluntários, Kevin, Stuart e Bob, vão até uma convenção de vilões nos Estados Unidos e lá se encantam com Scarlet Overkill (Sandra Bullock), que ambiciona ser a primeira mulher a dominar o mundo.

DETONA RALPH  

De 11 a 26 de julho

CINEMA DO RIO MAR

HORA: 11hs

MUSEUS

Quem mora ou visita Recife não pode deixar de conhecer os equipamentos culturais disponíveis na cidade que contam a história da cultura do Nordeste brasileiro.  Tem lugares bacanas para visitar com toda família e saber um pouco mais sobre os costumes do povo pernambucano.

  • MUSEU DO TREM

Com uma média de visitação de 800 pessoas por dia, a Estação Central Capiba, no Bairro de São José, tornou-se o novo xodó dos recifenses. O mais novo equipamento cultural do Governo do Estado abriga o requalificado Museu do Trem, que é considerado o primeiro do Brasil e o segundo do gênero da América Latina. Tendo Gilberto Freyre como patrono, o Museu do Trem foi inaugurado em 25 de outubro 1972 e desativado em outubro de 1983. O espaço conta com a exposição Chegada e Partida – A Memória do Trem em Pernambuco, com curadoria do museólogo Aluízio Câmara. A exposição conta com mais de 500 peças sobre a história ferroviária de Pernambuco, através de documentos e antigos objetos, como bilheterias e relógios, locomotivas a vapor e até um vagão.

Estação Central Capiba/ Museu do Trem

Rua Floriano Peixoto, s/n, São José (Centro do Recife)
Visitação: Terça a sexta, das 9h às 17h. Sábados e domingos, das 10h às 17h
Entrada: Gratuita. Telefone para agendamento: (81) 3184 3097

  • MUSEU CAIS DO SERTÃO

Um dos equipamentos culturais da cidade mais interessantes para ser visitado com espaço interativo e multicolorido que faz uma bela homenagem a um dos mais conhecidos pernambucanos: Luiz Gonzaga. No local o visitante tem,  através dos recursos tecnológicos multimídia,  uma ideia de como é o Sertão pernambucano.  Na sala de música é possível, com ajuda dos instrutores que estão no local, tocar um dos instrumentos típicos da Região Nordestina. O passeio é uma imersão na cultura pernambucana com os acessórios disponíveis no lugar como totens de áudio, telas touchscreen e salas de vídeo.

Museu Cais do Sertão

Endereço: Av. Alfredo Lisboa, s/n. Bairro do Recife.
Entrada: Na terça-feira a entrada é gratuita. Da quarta-feira até domingo: R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia). Informações: (81)3089-2974.

  • PAÇO DO FREVO

Um espaço dedicado ao Frevo para contar sua trajetória as futuras gerações e promover à difusão, ser um local de pesquisa, entretenimento e proporcionar formação nas áreas da dança e música do frevo. É  um ótimo local para um passeio em família e com amigos para conhecer um pouco mais sobre toda história do Frevo.

Paço do Frevo

Endereço: Praça do Arsenal da Marinha, S/N. Bairro do Recife.
Entrada: R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (estudantes e maiores de 60 anos). Informações: (81) 3355-9527

  • CASA DA CULTURA

Localizada às margens do Rio Capibaribe, a Casa da Cultura é um dos maiores polos de comercialização de artesanato do Recife e um dos cartões postais do estado. O imponente prédio onde está instalada foi construído para abrigar a antiga Casa de Detenção do Recife, que permaneceu por mais de um século como a mais importante penitenciária de Pernambuco. Hoje, as antigas celas são ocupadas por lojas, associações culturais e lanchonetes. A Casa conta ainda com teatro e anfiteatro que acolhem ações formativas e espetáculos de dança, música e teatro promovidos ou apoiados pelo Governo do Estado através da Fundarpe.

Casa da Cultura: Cais da Detenção, s/n, Santo Antônio, Recife – PE
Entrada: Gratuita. Informações:  (81) 3184 3151

  • INSTITUTO RICARDO BRENNAND

O espaço cultural é um local belíssimo e um passeio que toda família vai gostar. Fica localizado a 14 quilômetros do centro da cidade do Recife. O Instituto Ricardo Brennand é considerado um dos mais importantes centros culturais brasileiros. É um local que tem como missão promover  a cultura através da história, da arte e da educação (arte-educação). Instituto Ricardo Brennand. Endereço: Alameda Antônio Brennand, S/N – Várzea. Fone: (81) 2121-0352 / 2121-0365. Horário de Funcionamento: De terça a domingo das 13h às 17h. Ingressos:  R$ 20,00 e R$ 10,00 (Pessoas com deficiência, estudantes, professores e acima de 60 anos mediante documento comprobatório). Crianças com idade até 7 anos não pagam.

Colônia de férias

  • Instituto do Movimento
    No Instituto do Movimento, localizado na Imbiribeira, Zona Sul do Recife, os pequenos também podem aproveitar as férias para fazer exercícios físicos de forma lúdica. O espaço, especializado em treinamento funcional, preparou uma colônia de férias com atividades que aliam diversão, coordenação motora e equilíbrio. Crianças de 4 a 9 anos podem participar dos exercícios, sempre acompanhados por professores. As aulas vão de segunda a quinta-feira, das 9h30 às 11h30, durante todo o mês de julho. Mais informações podem ser obtidas no telefone 3019.4409.

Serviço: Colônia de férias do Instituto do Movimento
Onde: Rua Gonçalves de Magalhães, 699, dentro do Recife Tênis Clube
Quando: De 1 a 30 de julho, de segunda a quinta-feira. Das 9h30 às 11h30
Mais informações: 3019.4409

  • Instituto Ricardo Brennand

Artes e gastronomia são o foco das atividades de férias do Instituto Ricardo Brennand, localizado na Várzea, Zona Oeste do Recife. Em cada semana do mês de julho, oficinas diferentes serão oferecidas para as crianças de 3 a 5 anos, 6 a 8 anos ou 9 a 12 anos. Cada oficina trabalha uma expressão artística diferente, de acordo com a faixa etária dos inscritos.

De 7 a 10 de julho, as crianças poderão aprender dicas de culinária ou fotografia, além de fazer experimentos multissensoriais. Na segunda semana, a gastronomia continua sendo ensinada. Esculturas em papel machê e experimentos cinematográficos completam a programação. Já a terceira semana de atividades foca nas brincadeiras populares e no teatro. Nos últimos cursos, serão dadas dicas de origami, customização e culinária. Veja a programação completa abaixo. Cada oficina tem quatro dias de duração. Em cada dia, o encontro dura quatro horas. Até 16 crianças podem participar das turmas. Cada oficina custa R$200.

Serviço:
Oficina de Férias

Onde: Instituto Ricardo Brennand – Alameda Antônio Brennand, s/n – Várzea
Quando: De 7 a 31 de Julho de 2015
Valor: R$ 200,00
Informações: (81) 2121-0349 / 0352
E-mail: formacao.oficinas@institutoricardobrennand.org.br

Programação:
07 a 10 de julho

Das 8h às 12h
Oficina: Chefs no Museu
Oficinas: Fotografia e Crianças: Pequenos Olhares, Grandes Imagens

Das 13h30h às 17h30
Oficina: Crianças no Museu: Experimentos Multissensoriais
Oficina: Faça você Meso

 

14 a 17 de julho
Das 8h às 12h
Oficina: Arte no Prato
Oficinas: Cinema de ficção: Uma Odisséia no Museu

Das 13h30h às 17h30
Oficina: Respeitável Público…
Oficina: Pequeno Escritor

21 a 24 de julho
Das 8h às 12h
Oficina: Brincadeiras que os nossos pais brincavam
Oficinas: Marionetes: “O mundo em Minhas Mãos”

Das 13h30h às 17h30
Oficina: Abram as Cortinas – Teatro no Museu

28 a 31 de julho
Das 8h às 12h
Oficina: Chefes no Museu
Oficinas: Meu bicho de bolso

Das 13h30h às 17h30
Oficina: Customizando

  • Escolinha de Arte do Recife
    As crianças que gostam de arte também podem aproveitar as férias para aprender um pouco mais na Escolinha de Arte do Recife, nas Graças, área central da cidade. Mas, lá, o curso de férias dura um mês e vai mostrar aos inscritos artistas de diferentes linguagens. As aulas vão de 6 a 30 de julho.

Neste ano, o curso vai homenagear o artista pernambucano Daniel Santiago e será dividido em quatro módulos diferentes: Daniel Santiago, Lígia Clark, Hélio Oiticica e Lygia Pape. Experiências sensoriais, atividades artísticas e lúdicas facilitam o entendimento das crianças. De acordo com a escola, o objetivo é desenvolver a percepção, a imaginação e a capacidade crítica dos alunos.

Serviço:
Curso de férias da Escolinha de Arte do Recife

Onde: Rua do Cupim, 124, Graças
Mais informações: (81) 3222.0050
escolinhadearte.recife@gmail.com

  • Mamam

O Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam) também tem oficinas de arte voltadas para as crianças neste mês de julho. Entre as opções, há vivência com argila, oficina de desenho e colagem, gravura em isopor, esculturas com papelão, pintura e estamparia. As aulas são diárias e custam até R$ 120. A programação completa está disponível no site do Mamam.

Serviço:
Oficinas de artes do Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam)
Onde: Rua da União, 88, Boa Vista
Mais informações: (81) 3355.6870
goretti.mamam@gmail.com

  • Shopping Guararapes

O Shopping Guararapes, em Jaboatão, no Grande Recife, recebe o projeto Crianças no Espaço: Missão espacial do astronauta Marcos Pontes. Quem for ao local vai descobrir curiosidades sobre descobertas espaciais em uma exposição interativa, onde também é possível experimentar sensações vividas por astronautas. Entre as atrações estão, ainda, réplicas de veículos lunares e terrestres, como foguetões e satélites.

As atrações montadas na Praça de Eventos estão divididas por módulos, que vão desde o terrestre até o lunar. Para entrar no clima, a criançada se veste como um verdadeiro astronauta durante a visita guiada. A entrada custa R$ 15 por cada 30 minutos de passeio, recomendado para meninos e meninas que têm mais de três anos.

Serviço:
Crianças no Espaço: Missão espacial do astronauta Marcos Pontes
De quarta (1º) a 2 de agosto. De segunda a sábado, das 9h às 22h; e aos domingos, das 12h às 21h
Shopping Guararapes, Av. Barreto de Menezes, nº 800, Piedade, Jaboatão dos Guararapes

Para entrar no clima, a criançada se veste como um verdadeiro astronauta durante a visita guiada (Foto: Divulgação/Shopping Guararapes)

  • Zepelim

Nos Sábados, das 10:30h às 11:30h, no Jardim do The Garden (Piedade) as lojas Zepelim e Reinoceronte estão promovendo manhãs lúdicas. Cada sábado uma atividade diferente, mas sempre com muita diversão para as crianças. Vagas Limitadas – Gratuito Das 10:30h às 11:30h, no Jardim do The Garden (Piedade) as lojas Zepelim e Reinoceronte estão promovendo manhãs lúdicas. Cada sábado uma atividade diferente, mas sempre com muita diversão para as crianças. Vagas Limitadas. Entada Gratuita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s