Posts

Educar para ser feliz

educacaoUma profissão que acredita que tudo o que temos de melhor, o conhecimento, é para ser repartido. Em um país que não prioriza a educação, continuar lutando por ela só pode ser loucura. É o que Paulo Freire chamava de “sã loucura”. Uma loucura sadia, que é fazer o que tem que ser feito e que seria um contrassenso fazer quando ninguém faz.

Acreditamos que gente foi feita para ser feliz e que essa é a nossa missão. Como disse Aparício Torelly: “A única coisa que você leva da vida, é a vida que você leva”. Que vida estamos levando? A vida que se partilha. A troca diária de experiências de vida: a vida do colega, a vida do aluno, a vida das famílias. Quem Ama não desiste. Quando começamos a desistir de algo é porque estamos deixando de amar, seja o trabalho, a família, a religião, o lazer. É justamente a força desse amor que nos mantém firmes no nosso propósito.

Em educação, é preciso fazer uma distinção entre trabalho e emprego. Emprego é fonte de renda e trabalho é fonte de vida. Vida que se partilha. Essa distinção é necessária para que não se olhe a docência como mera atividade profissional, e sim como um modo de existir. É um jeito de fazer com que a vida tenha um sentido. Mario Sergio Cortella diz: “ Entendo que Educação tem sim um autochamamento interno em que a pessoa se chama para uma atividade que tem essa natureza de repartir, de se preparar, de trabalhar o tempo todo com o futuro. Isto é, saber que nunca estará pronto. Paulo Freire também dizia: “somos seres inacabados”, e se assim acreditamos, como podemos aceitar uma escola que prepara para vestibulares, para uma profissão, e não educa para a vida?

Necessitamos de professores revolucionários, que mudam paradigmas, transformam o destino de um povo e um sistema social sem armas, tão somente por prepararem seus alunos para a vida através do espetáculo das suas ideias. O mundo do século XXI gira em alta velocidade e a escola que nos forma é aquela do século IXX. Mesmo diante desse cenário, acredito que a Vida pode e deve ser melhor para todos.

Independente da prática religiosa existe uma frase no evangelho de João, capítulo 10, versículo 10, que nos oferece esperança. Jesus diz: “Quero que tenhais vida e vida em abundância”.  E vida em abundância é aquela que impede que qualquer um de nós perca a capacidade de ser feliz. Isso é falar de sonhos. É falar da amorosidade da vida e da partilha. Essa é a educação para a Vida.

Educar para ser feliz.

Texto de Sandra Kattah ( Diretora pedagógica da Vila Aprendiz).

3 comentários em “Educar para ser feliz

  1. É uma pena que as pessoas ainda acreditem numa educação que aliena. E que, mesmo procurando uma escola com uma filosofia pouco tradicionalista em algum momento desejem o método arcaico.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Parabéns, querida, pelo lindo texto e pela belíssima pessoa que você é!!!
    A Villa Aprendiz é um grande sucesso por ter sido construída através do Amor!!!
    Desejo muito sucesso sempre!!!

    Curtir

Deixe uma resposta para Suely Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s